segunda-feira, 29 de agosto de 2011

clika para ampliar

Em Abril de 2009 fui apanhado pelo radar, excesso de velocidade, toma lá 120 euros de multa.
Como conduzia uma viatura alugada só passado algum tempo fui notificado para liquidar a coima, fi-lo no prazo estipulado.

Qual não é o meu espanto quando em Janeiro de 2010 recebo nova notificação para pagar os 120 euros que já tinha saldado acrescidos de mais 30 pelo atraso na liquidação intimando-me ainda a entregar a carta de condução que ficaria apreendida pelo prazo de 180 dias, confiscação que (porque não tinha registada qualquer contravenção grave) ficaria suspensa de tivesse pago a multa voluntariamente.

Rebusquei a minha papelada e lá dei com o comprovativo de pagamento, expus a situação no Governo Civil e hoje veio a resposta (foto), sou novamente notificado a pagar 0 (zero) suspendendo a inibição de conduzir.
Um engano qualquer um tem, mas comigo é a terceira vez com a mesma entidade, daí a posta.

Toca a guardar o papelinho.

Boa semana.

domingo, 28 de agosto de 2011

Tá-se bem

Cavaco Silva diz que os limites aos sacrifícios pedidos aos portugueses não devem "estar muito longe", mas ainda não foi alcançado? Será isso que o senhor silva quer dizer?
Entretanto os amigos ricos do manhoso de Boliqueime podem dormir sossegados, afinal eles não são ricos, são “trabalhadores”.
TÁ-SE TÁ-SE

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Gaia falida EM

“Conheça todas as Empresas Municipais de Gaia. Consulte os sites das respectivas organizações e esteja ao corrente dos projectos desenvolvidos no concelho.”

(ESTE PARÁGRAFO (do site camarário) DEIXA DE TER SENTIDO A PARTIR DO FINAL DESTE ANO)



AMIgaia, EEM

Águas e Parque Biológico de Gaia, EEM - Parque Biológico

Águas e Parque Biológico de Gaia, EEM - Saneamento Básico

Gaianima, EEM

Gaiurb - Urbanismo e Habitação, EEM - Reabilitação Urbana

Gaiurb - Urbanismo e Habitação, EEM - Habitação Social

Gaiurb - Urbanismo e Habitação, EEM – Urbanismo

Só nesta lista estão sete empresas municipais que anteriormente funcionavam na Câmara Municipal de Vila Nova de gaia, foram criadas com o fim de desonerar a autarquia reduzindo o pessoal, e que aconteceu?
Os custos dos serviços prestados à câmara pelas empresas criadas passaram a ser superiores à despesa anterior, é caso para dizer que as filhas passaram a explorar a mãe.
As empresas municipais logo que criadas passaram a cobrar taxas e licenças muito mais caras, casos houve onde o aumento chegou aos 500%, no entanto estão falidas.
Já começou a “desnomeação” de alguns administradores das EPs de Gaia que por acaso transitaram para a administração de empresas responsáveis por obras e empreendimentos no concelho.
Disseram-me ontem que a ordem é para desmantelar e regressar tudo à forma inicial, ou seja volta tudo à edilidade.
Estou mesmo a ver mais um stand ao ar livre na praceta 25 de Abril, frente à câmara, para vender (em segunda mão) as dezenas de Toyotas que vão deixar de ser necessários.
Menezes quer ganhar o Porto, já não é d’agora.
O Centro de Estágios do FC Porto que inicialmente estava projectado para a Trofa, ainda esta localidade pertencia a Sto. Tirso, mudou-se para a freguesia de Olival em Gaia, tendo grande parte dos terrenos sido cedidos pela autarquia ao preço da chuva.
Preparem-se os tripeiros para ver subir o custo de vida se votarem no médico que deixa Gaia com “falta de ar”.



Clika para ampliar

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

António Pedro Vasconcelos está senil.

Quem como eu assistiu ao “Trio de Ataque” de ontem (terça feira 23/8/2011) na “RTP N” apercebeu-se do estado cerebral alterado em que se encontra o conhecido realizador de cinema português.
Rui Moreira, presidente da Associação Comercial do Porto e reconhecido adepto do Futebol Clube do Porto, acusa António-Pedro Vasconcelos de ser um porta-voz e representante do Benfica que “conseguiu assumir o controlo sobre as pessoas que participam em programas desportivos e que anteriormente eram tão livres como eu sou”.
António Pedro, além de vergonhosamente controlado, tenta (ridiculamente) plagiar a forma de estar (como comentador desportivo) do falecido Pôncio Monteiro.
Pôncio era engraçado, António Pedro, é imbecil.
Não me admirarei se um dia destes se souber que esta figurinha sofre de maleita do foro psiquiátrico.

António Pedro e Jorge Jesus são iguais, abrem a boca e só sai asneira.




segunda-feira, 22 de agosto de 2011

"Identificar y difundir al policía de la agresión a la joven" Facebook




Cresce no facebook o movimento criado para identificação e localização dos polícias, e seu apoiantes, que sem razão agrediram selvaticamente o Povo que de forma ordeira mas ruidosa se manifestava contra a visita do papa a Madrid, uns certamente por serem contra a igreja de Roma, todos devido aos milhões gastos pelo Governo Espanhol no evento.
Os espanhóis não são exactamente como nós, um “Povo sereno”, e já vimos como acabam os movimentos contestatários “semeados” nas redes sociais.
Por cá continuamos numa boa, Povo, Governo e Oposição de férias, contestação popular não há, e se houvesse, a policia não saía das esquadras, não há dinheiro nem pró pitrol!

A ETAR DO COZINHEIRO

No tempo de Elisa Ferreira ministra do ambiente com José Sócrates a seu secretário de estado adjunto (XIII Governo Constitucional), corri grande parte do norte deste país acompanhando a “coqueluche” da época, a abertura de estações de tratamento de águas residuais, cheguei a assistir a quatro inaugurações no mesmo dia, duas em Lousada e outras tantas em Penafiel.
Nesse dia se, como é seu costume, a brigada de trânsito estivesse de radar ligado atrás de uma qualquer sebe ganhava o dia.
A banda a tocar, e o presidente da autarquia à espera da ministra com um ror de emplastros atrás, assim começava o acto que depois da visita às instalações, descerrar de uma lápide e carregar num botão, acabava com uma salva de palmas quando um técnico de bata branca enfiada enchia um copo, e bebia, de água que saía de um cano.
Lembrei-me destas coisas ao ver o ultimo “Controversos” do Manuel Luís Goucha na “TVI”, Isaltino Morais foi a ultima figurinha a passar na “etar” do cozinheiro, Filipe La Féria, Fátima Felgueiras e Narciso Miranda também já por lá passaram, outros passarão.
Depois de tanta limpeza há sempre quem beba e bata palmas, eu não!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Será?

Ultimamente da “família do Rato” só más notícias, o líder do PS não aparece, terá batido a bota?

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Homens ricos



Américo Amorim
O corticeiro e a filha de José Eduardo dos Santos são os donos da Amorim Energia e Santoro Holding Financial respetivamente, em conjunto contraíram, em 2006, junto do BPN um empréstimo de 1.600 milhões de euros que nunca pagaram.
O Estado enterrou milhares de milhões no BPN que agora estes artistas compram por 40 milhões, que GRANDE negócio.

sábado, 13 de agosto de 2011

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

"Santana vai para provedor da Santa Casa da Misericórdia"



O Governo convidou Pedro Santana Lopes para ser o novo provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, adiantou hoje o site do jornal Sol.

Em Abril de 2009 Paula Teixeira da Cruz, atual ministra da justiça, disse à Lusa, «Santana Lopes não tem perfil de rigor».

Pelos Vistos o Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho não faz fé no que a Ministra da Justiça diz.
Eu acho que os serviços prisionais devem encomendar mais pulseiras.

Disse-me um amigo de longa data que alguém conhecido dele com peso dentro do PSD lhe confidenciou a razão da ida de Santana Lopes para a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Muitos, como eu, devem ter julgado ser brincadeira quando se disse que Santana pensava formar um novo partido, afinal não, a coisa estava mesmo a andar, pô-lo na Santa Casa aparentemente pára o processo.
SL não vai ser remunerado pela nova função porque não se chama isso às mordomias, e as despesas de representação não contam para efeitos de IRS.
Nunca pensei que o “faroleiro” tivesse tanto peso.

O Alberto João teria lido?

PSP investiga violência entre ex-deputado e o marido
No dia 12 de Julho, por volta das sete da manhã, a PSP recebeu um pedido de ajuda. Carlos Eduardo Maceno de Sá, venezuelano de 25 anos, tinha sido alegadamente agredido pelo marido, Jorge Nuno de Sá, ex-deputado do PSD, com quem se casou a 31 de Janeiro deste ano.
Segundo fonte da PSP, o ambiente na residência do casal estava calmo, apesar do jovem massagista apresentar "escoriações no pescoço e dizer que o marido o tinha tentado asfixiar". Porém, a mesma fonte garantiu ao DN que o marido do antigo presidente da JSD encontrava-se "embriagado".

Contactado pelo DN, o social democrata - actualmente coordenador para a educação na Junta de Freguesia de Alcântara, em Lisboa - negou as acusações. "Não falo da minha vida privada, mas nunca agredi ninguém."
Carlos Maceno, de 25 anos, não quis igualmente comentar o assunto, mas adiantou ao DN que está separado do marido.


Leia mais no e-paper do DN.
Polícia recebeu queixa de violência doméstica no dia 12 de Julho às sete da manhã. Jorge Nuno de Sá é casado desde Janeiro, mas atravessa uma fase de separação.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

FCP

O FUREBOL CLUBE DO PORTO é hoje a terceira melhor equipa de futebol do mundo só atrás de Barcelona e Real Madrid.
Só por curiosidade, o S.L. Benfica está na 37ª. posição.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Nós (portugueses) somos mesmo pobres

Mafiosos presos deixam de poder usar Armani

Numa medida corajosa e ao arrepio das tradições, a governadora da prisão de Palermo decidiu que todos os presos são iguais no que toca à roupa.

Assim vestem os grandes. No passado mês de Abril, 'Vinni Gorgeous' dava o exemplo em Brooklyn
Assim vestem os grandes. No passado mês de Abril, 'Vinni Gorgeous' dava o exemplo em Brooklyn
É mais um ataque aos Direitos Humanos em território europeu. Na prisão de Ucciardone, em Palermo, vai deixar de ser permitido usar roupas Armani, Gucci, Versace, etc. A decisão é da recém-nomeada governadora da prisão, Rita Barbera.
"Esta prisão tem andado associada a imagens de padrinhos vestidos com roupas de seda, e isto é algo que precisamos de apagar", diz a governadora. "Temos de eliminar disparidades entre prisioneiros que têm sido expressas por meio de exibições de estatuto, poder e supremacia económica".
A decisão está longe de ser pacífica. Qualquer chefe mafioso que se preze tem de parecer o que é. Na prisão de Ucciardone, a maior da capital siciliana, há muito que a tradição é liberal, nesta matéria como noutras. Não por acaso, chamam-lhe Grande Hotel. Festas espampanantes com iguarias à discrição fazem parte da sua lenda.
Para algumas pessoas, em especial mulheres de mafiosos, o problema é mais simples. "O meu marido vai ter de andar nu, pois só tem roupas de marca", explica uma delas. "Não para se exibir, mas porque são de melhor qualidade e duram mais. Será preciso humilhá-lo assim e obrigar-me a ir comprar roupa em mercados de rua?".

Usar falsificações para manter a imagem


As prisões italianas, ao contrário das de outros países, não impõem o uso de uniforme. Mas presume-se uma certa dose de bom-senso. Ao contrário do que sugerem esposas, a nova regra não determina que a roupa a usar pelos prisioneiros tenha de ser comprada na rua. Diz apenas que deve ser discreta.
"Na prisão, as mais pequenas coisas podem fazer diferença. Imagine-se a que faz ver presos a usar roupa de marca", explica Barbera. "Há mesmo quem use falsificações para manter a imagem".
É uma questão ao mesmo tempo de segurança e de justiça. "A prisão é um lugar de castigo, e todos os presos têm o mesmo estatuto. Portanto, qualquer símbolo de luxo, seja roupa ou joias ou gadgets, tem de desaparecer".
Os presos poderão receber até 20 quilos de roupa, mas nada de grandes marcas. Para um italiano, e ainda mais para um mafioso siciliano, é uma verdadeira ofensa. "Porque hão-de as autoridades ditar o que o meu marido veste?", indigna-se uma mulher.

Um problema maior 


Embora a situação dos chefes mafiosos presos tenha captado as atenções, muito mais grave, segundo organizações humanitárias, é a dos imigrantes e outros pobres que se encontram em Ucciardone e noutras cadeias. Segundo parece, alguns nem sapatos têm.
Não se sabe quantos deles foram convidados para a festa de aniversário que o famoso Michele Catalano, antigo braço-direito do igualmente famoso Salvatore Piccolo e ele próprio um chefe importante da Camorra, deu há anos no ginásio de Ucciardone. A ementa incluía champanhe e lagosta. 

Fonte: "EXPRESSO"

Fim da onda curta na RDP

Para reduzir custos a administração da RTP/RDP decidiu acabar (temporariamente) com as emissões de rádio em onda curta, a RDP Internacional só estará disponível através da internet.
A decisão agora tomada pela RTP enquadra-se numa tendência mundial seguida por vários operadores, que têm optado por uma diminuição ou mesmo pelo fim das emissões de Onda Curta. Assim, após consulta prévia à Anacom, a partir de dia 1 de Junho a RTP suspende provisoriamente, para avaliação, as emissões da RDP Internacional na Onda Curta. No final deste período, serão avaliadas as consequências e será tomada uma decisão definitiva.
Adivinha-se a ultima decisão, de nada valendo os apelos ao provedor do ouvinte no sentido de a RDP manter o serviço via éter vindos um pouco de todo o mundo.
A maioria estar-se-á marimbando para mais este encerramento, quem “anda ao mar” perde um serviço, tal como quem no estrangeiro não tem posses para ter internet.
Eu ainda me lembro dos ouvidos encostados aos rádios a ouvir, baixinho, as rádios livres, recordo os zumbidos que as autoridades portuguesas emitiam em cima das emissões.
Não sou saudosista, estou contra o fim da onda curta tal como estive contra a transformação da sede da pide na António Maria Cardoso num condomínio de luxo.